Skip to main content

Troféu Rio de Janeiro 2017

O primeiro dia de competição do Troféu Rio de Janeiro levou aos tatames da Arena Poliesportiva Coronel Wenceslau Malta, os judocas das mais de trinta de seis agremiações filiadas!

Resultado – Alto Rendimento (29/9)

O Judô Comunitário Instituto Reação, levou a melhor, conquistando o título geral com 33 medalhas de ouro, 22 medalhas de prata e 13 medalhas de bronze. Além do Instituto Reação, Campeão da Etapa, a Equipe UMBRA, ficou com a segunda colocação com 11 medalhas de ouro, 4 medalhas de prata e 4 medalhas de bronze.

Na terceira colocação ficou o Jequia Iate Clube com 10 medalhas de ouro, 10 medalhas de prata e 7 medalhas de bronze.

O Campeão da Capital também fica com o Instituto Reação, a Equipe UMBRA, ficou com a segunda colocação. Fechando o pódio ficou o Jequia Iate Clube.

A Campeã do Interior ficou com a União Judô Clube com 6 medalhas de ouro, 2 medalhas de prata e 1 medalha de bronze, a Equipe de Judô Pinheiro ficou com a segunda colocação com 3 medalhas de ouro, 3 medalhas de prata e 3 medalhas de bronze.

Fechando o pódio, em terceiro lugar, a Associação LIJU com 2 medalhas de ouro, 4 de prata e 6 de bronze.

Resultado – Nova Geração (1/10)

O Clube de Regatas do Flamengo, levou a melhor, conquistando O título geral com 13 medalhas de ouro, 4 medalhas de prata e 4 medalhas de bronze. Além do CRF, Campeão Geral, o Grupo Aliança Real, ficou com a segunda colocação com 10 medalhas de ouro, 2 medalhas de prata e 3 medalhas de bronze.

Na terceira colocação ficou a Associação NAGAI com 8 medalhas de ouro e 7 medalhas de prata, e 4 medalhas de bronze.

O Campeão da Capital também fica com o Clube de Regatas do Flamengo, com 13 medalhas de ouro, 4 medalhas de prata e 4 medalhas de bronze, a Associação Nagai, ficou com a segunda colocação com 8 medalhas de ouro, 7 medalhas de prata e 4 medalhas de bronze.

Fechando o pódio ficou o Judô Comunitário Lar Fabiano de Cristo com 6 medalhas de ouro, 9 medalhas de prata e 4 medalhas de bronze.

O Campeão do Interior ficou com o Grupo Aliança Real com 10 medalhas de ouro, e 2 medalhas de prata, e 3 medalhas de bronze. A Equipe de Judô Pinheiro ficou com a segunda colocação com 7 medalhas de ouro, 4 medalhas de prata e 7 medalhas de bronze. Fechando o pódio, em terceiro lugar, a AZHO, com 7 medalhas de ouro, 2 de prata e 3 de bronze.

Confira AQUI o resultado individual do Alto Rendimento – 30/9
Confira AQUI o resultado individual do Nova Geração – 1/10
Confira AQUI as fotos

Esse novo local esteve de braços abertos para nos receber novamente, e contou com excelente estrutura esportiva para sediar as nossas lutas.

Tivemos uma bela homenagem a Dona Vera, foi um momento muito especial e emocionante para todos presentes na arena.

Tentarei reproduzir aqui as palavras que disse de improviso para D. Vera: Em primeiro lugar quero parabenizar a FJERJ na pessoa do seu Presidente Jucinei Costa, pela iniciativa de homenagear as pessoas que contribuem para o desenvolvimento do judô. Em segundo lugar agradecer o convite que me foi feito para dizer umas palavras para a minha amiga D.Vera, quero dizer que é uma satisfação e uma honra para mim… Falar de D. Vera é muito fácil, basta iniciarmos pela origem do seu nome “VERA”… Qualquer criança quando vai brincar, pergunta é a Vera? Significa é de verdade? É para valer? É isso que D. Vera é de VERDADE… Há pessoas que são aparência, e há pessoas que são essências… Dona Vera é verdade no desenvolvimento do judô no RJ, Brasil e no Mundo, porque contribui desde a época do judogui TIGRE, ao lado do Prof. Augusto Cordeiro, fundador e primeiro Presidente da CBJ na qualidade e aperfeiçoamento dos judoguis TIGRE… E como hj Ela está vestida de TIGRESA, quero dizer que é isso que ELA é uma tigresa para trabalhar na TIGRE e em todas as fábricas que Ela trabalhou e melhorou a qualidade dos kimonos brasileiros tendo exportado seus produtos até para o Japão. Isso é uma conquista. Todos nós, já vestimos um judogui produzido por D. Vera, tudo isso conseguido sem apoio de ninguém, só com o apoio de suas filhas Monique e Carla que aprenderam não só a vender kimonos, mas, sim a filosofia de atender e tratar as pessoas que D. Vera ensinou muito bem… O seu judogui só poderia se chamar SEISHIN que significa: “o espírito da luta”… Vc vai na Seishin, a primeira coisa que você recebe é um sorriso amigo, em seguida um cumprimento e a pergunta: quer um café uma água? Elas são amigas, simpáticas, trabalhadoras e sabem tratar o cliente essa é a firma de gestão implantada por D. Vera que nos deixa a vontade com sua simpatia e generosidade, ajudando a todos da forma que Ela pode, patrocinando eventos e auxiliando de todas as formas… D. Vera carrega em si a complexidade do “simples”. É isso senhores o simples é extremamente complexo. Querem ver? Basta tentarmos explicar um fresta, um raio de luz.
Teremos que falar do espectro da luz e de quantas cores são formadas a partir de um simples raio..
Se continuarmos por esse caminho iremos chegar na física quântica, nas energias sutis e fatalmente na energia do AMOR… Esse é outro fator de sucesso da D. Vera colocar AMOR no que faz. Nós todos, estamos aqui nos fins de semana, damos aulas, mas, D. Vera se não quiser falar nada aqui hoje, não precisa. O cotidiano Dela fala por Ela. Ela vive do judô e para o judô todos os dias! Esses são os segredos da D. Vera: Trabalho, Saber tratar os outros e colocar AMOR no que faz. Meus parabéns pela homenagem D. Vera e Obrigado por tudo que a Senhora fez e faz em prol do judô.
” destacou, Professor Oswaldo Simões.

Parabéns aos atletas, agremiações e toda equipe de produção do Troféu Rio de Janeiro 2017 e um especial agradecimento a Dona Vera, e parabéns por toda sua vida dedicada ao Judô!

REALIZAÇÃO:
Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro

COBERTURA FOTOGRÁFICA:
Flashsport

APOIO:
Bss Segurança
Original Tatamis

PARCEIROS:
MB For Fight
Seishin Kimonos
Açaí Vip
Fun Clube Fitness

Calendário de Competições 2017CLIQUE AQUI